Seguro

domingo, 15 de maio de 2011

Os 2 filhos de Franscisco pisam na bola em Louveira...

Nessa época eles precisavam da imprensa.
O grande público que assistiu ao show da dupla Zezé di Camargo e Luciano durante a 44º Festa da Uva da cidade de Louveira -SP neste último sábado (14/05) nem deve ter percebido o clima entre os dois filhos de Francisco. Mas, nos camarins, a coisa não estava nada boa. Zezé cujo nome verdadeiro é Mirosmar, chegou primeiro, horas antes, acompanhado de sua mulher Zilu.
Ficou recluso no camarim à espera de seu irmão Welson, ou Luciano. Como um típico pop-star, ele chegou num carro blindado, todo preto, vidros filmados e a toda velocidade quase em cima da hora do espetáculo.
Enquanto isso, no portão de acesso ao camarim, apenas autoridades, VIPS e seus parentes tinham a permissão para entrar.
Uma longa fila de "bacanas" se formou nas escadas de acesso ao palco e camarim à espera da hora de tirar uma foto com a dupla.
No lado de fora, a imprensa tentava, pelo menos saber de alguém da produção se iria ou não ser atendida. Depois de muita espera, veio a resposta de que eles não iriam atender a imprensa. O motivo ? Só Deus sabia.
Jornalista já está acostumado a levar paulada, mas revolta ver uma adolescente cadeirante com deficiência mental, um outro rapaz deficiente e uma fã ardorosa que há 11 anos tenta tirar uma mísera foto com a dupla serem impedidos também.
Aliás, essa fã chamada Ilsa veio da cidade de São Miguel Arcanjo, interior de São Paulo, apenas para ter uma chance de realizar o sonho de tirar essa foto. Ela disse que já escreveu mais de 200 cartas para eles tentando marcar esse encontro, mas nenhuma resposta lhe foi dada. Nossa idéia era levar a Ilsa junto com a gente e registrar esse momento. Mas, nem ela e nem eu conseguimos passar pela barreira de seguranças, produtores e outras autoridades.
Na hora me veio à mente, cenas do filme "Os 2 filhos de Francisco". Filme excelente e que conta a saga de jovens cantores em busca do reconhecimento e da realização de um sonho. Recordo-me que aqueles personagens eram humildes, simples e respeitavam as pessoas. Pensei comigo: bem que esses dois babacas poderiam se espelhar naqueles personagens.
Foi aí que me toquei que aqueles personagens eram eles antes que a fama os transformassem no que são hoje. Profissionais sem sensibilidade.