Seguro

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Hoje, Mochileiro40tao em Rede Nacional de TV

Neste dia 24/01 à partir das 21h10 estarei participando do programa Ação Nacional da TV Século 21. O tema será o turismo.

Apresentado por Karina Botião, o "Ação Nacional" é um programa semanal de entrevistas veiculado em rede nacional pela TV Século 21.


Com uma hora de duração, o programa aborda assuntos diversos como: economia, política, educação, meio ambiente, entre outros, de forma inteligente e descontraída. 

O "Ação Nacional" está no ar há quatro anos, contribuindo para a formação e informação dos telespectadores. Durante este período contou com a presença de  convidados marcantes, grandes nomes do meio científico e universitário, além de personalidades políticas, como: o governador do Estado de São Paulo, José Serra; a primeira dama do Estado de São Paulo, Mônica Serra; a Presidenta da República e ex-ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff; a secretária de Educação do Estado de São Paulo, Maria Helena Guimarães de Castro, entre outros.

Você é nosso convidado ! 

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Brasileiro bom de grana !

O destaque de hoje dos telejornais e na Internet é o volume de dinheiro gasto no exterior pelos turistas brasileiros em 2012: US$ 22 bilhões.
Isso mesmo, 22 bilhões de dólares ou, 45 bilhões de reais foram gastos em compras, transportes, estadia, etc.
Não é de hoje que viajar para o exterior, muitas vezes, acaba sendo mais barato do que viajar pelo Brasil. Aqui, além do famoso "custo Brasil" o turista tem que se sujeitar a pagar mais caro, precisamente, em tudo o que comprar.
No ínicio do ano, por exemplo, vimos inúmeras reportagens mostrando que a cerveja e o refrigerante vendidos nas praias custavam mais 100% em relação ao preço comercializado nos supermercados. Além disso, hotéis e pousadas aumentam violentamente seus preços na temporada.
Uma boa parte desse gasto no exterior poderia ser contabilizado como importação. Sim, isso mesmo, muitos turistas que foram para Nova Iorque, por exemplo, voltaram com as malas lotadas de produtos para serem revendidos aos amigos e parentes à preços inferiores aos praticados aqui.
Se não fossem os impostos somados à ganância do empresariado brasileiro, com certeza, uma boa parte desse dinheiro que ficou lá fora estaria sendo gasto por aqui mesmo. Se o turista for para Nova Iorque e trazer alguns produtos como iPhone ou iPad para serem revendidos aqui, rapidamente ele quita metade dos custos da viagem. Isso sem contar perfumes, maquiagem e roupas para as mulheres, tênis para as crianças e equipamento eletrônicos para os homens.
A verdade é que o brasileiro gastou e vai continuar gastando muito lá fora. Isso até o momento que o governo e o empresariado em geral tomarem vergonha na cara em relação aos impostos praticado nessa doce - e bondosa - pátria mãe gentil.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Lá vem o tremmmm...

Um museu completo sobre a ferrovia paulista.
Você sabia que a cidade de Jundiaí abriga o maior museu ferroviário do Brasil ? Pois é, bem pertinho da cidade de São Paulo os fãs dos trens podem conferir muitas relíquias como equipamentos de comunicacão, uniformes, livros de registros e curiosas placas de alerta, entre outros objetos.

O Museu funciona ao lado do galpão que abriga a primeira maria fumaça que, praticamente, abriu o caminho para a expansão econômica do interior paulista. Outra curiosidade do Museu são os registros de criação da equipe de futebol do Paulista de Jundiaí, uma das primeiras equipes de futebol do país.

Museu da Companhia Paulista - Jundiaí


ENDEREÇO
Avenida União dos Ferroviários, 1760 – Jundiaí Estado de São Paulo – CEP. 13201-160
Fone/Fax: (11) 4522-4727 
http://www.museudacompanhiapaulista.com.br
e-mail: kbizzarro@jundiai.sp.gov.br
nmbarbosa@jundiai.sp.gov.br

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
MUSEU: de terça a sexta –feira das 9h às 17h.
Sábado das 9h às 16h e aos domingos: das 9h às 13h.

BIBLIOTECA: de segunda a sexta-feira das 8h às 17h.
Aos sábados somente com agendamento prévio por e-mail ou telefone


ENTRADA GRATUITA

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

O cemitério dos escravos em Louveira.


Para quem curte a "arqueologia amadora", uma opção interessante é conhecer - ou pesquisar - o cemitério dos escravos, um antigo cemitério localizado na área rural da cidade de Louveira. Os relatos dos moradores mais antigos dão conta de que naquele espaço, os escravos das fazendas da cidade eram enterrados em covas rasas.

O local está totalmente destruído sendo possível apenas identificar alguns pedaços do muro de barro que cerca o local e algumas covas já reviradas pelos moradores da região. A marca do esquecimento é total, uma vez que as administrações públicas municipais nunca se preocuparam em preservar ou realizar qualquer tipo de pesquisa.

Eu fui o primeiro jornalista a realizar uma matéria nesse local e espero que as autoridades locais realizem uma pesquisa mais apurada neste cemitério. Afinal, é uma parte da história da cidade e do Brasil que está enterrada.


quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Mercado Borough: local das delícias...


O Borough é sinônimo de mercado desde 1014, antes mesmo de Londres ter inaugurado a London Bridge. Esse mercado já mudou algumas vezes de local chegando até a ser fechado pelo Parlamento em 1755. O legal desse local é que ele reúne produtores locais que oferecem seus produtos a preços muito bons. São pães, verduras, frutas, vinhos caseiros, sanduíches, bolos, tortas, etc.

O jeito mais prático para chegar no Borough é ir pela ponte Millenium. Nesta matéria realizada junto com a Ananda Karerina Barbosa, você confere mais algumas dicas bem legais.



terça-feira, 8 de janeiro de 2013

E com vocês...The Beatles ! ou pelo menos a rua deles...


Essa rua é, com toda a certeza, uma das mais conhecidas da cultura pop. A Abbey Road é a famosa rua onde os Beatles fotografaram a capa do 12º disco do grupo e que leva também esse nome. Próximo a essa faixa de pedestre está localizado o estúdio onde a banda gravou a maioria de suas músicas.

Atravessar a rua em cima dessa faixa de pedestres e ser fotografado pode parecer besteira para as pessoas que não curtem os Beatles mas, que essas pessoas que me desculpem: é uma experiência sensacional !

Se ser fotografado já é divertido, imagine então ficar assistindo a disputa pelo espaço entre os turistas e os veículos do local. Ainda bem que os britânicos são conhecidos pela paciência. Confira nesta matéria como foi essa experiência.


segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Olha a hora ! Cuco, cuco...

A cidade de Gramado, na Serra Gaúcha, oferece muitas opções de lazer e compras. Para quem curte relógios cuco, a pedida é visitar a loja Kukos, localizada no centro da cidade. Ali você encontrará verdadeiras obras de arte em esculturas de madeira e mecânica fina de relógios.

A loja, aberta desde 89, é importadora de relógios produzidos na região alemã da Floresta Negra, além de trabalhar com outros itens de decoração natalina.

Quando se entra na loia, a impressão que temos é que viajamos para dentro de um conto de Natal. A decoração é linda e, os trabalho manual dos relógios, mais ainda.

Recentemente, a marca ganhou uma nova loja localizada em Nova Petrópolis, também na Serra Gaúcha.
Para conhecer mais, acesse www.kukos.com.br