Seguro

domingo, 29 de maio de 2011

Economizando com as ligações para a família.

Viajar por muito tempo é uma delícia e ninguém pode reclamar. O duro é ficar longe da família e dos amigos. Um, dois ou três dias ainda dá para ficar longe de um aparelho telefônico, mas daí por diante, a preocupação de quem ficou no Brasil e a vontade de falar com todo mundo aumenta.
Há muitas opções para se comunicar. Elas vão do orelhão básico das ruas, passa pelos celulares e caí na Internet.
Confesso que na última viagem eu bem que tentei usar o telefone público, mas desisti. A principal razão é que não entendia o que a telefonista francesa tentava me dizer.. rsrs
Em todos as grandes capitais européias você tem lojas onde é possível fazer ligações para o Brasil através de telefones instalados em cabines. Normalmente esses estabelecimentos são administrados por árabes ou indianos, já que o número de imigrantes que moram na Europa é gigantesco e são nesses lugares que eles se comunicam com seus familiares. As ligações são bem mais em conta.
Outra opção é levar seu netbook, iphone, ipod ou ipad e usar o skype ou MSN. Usar as lanhouses não é a forma mais econômica para se comunicar. O ideal é viajar equipado com um computador e aproveitar as conexões de internet espalhadas em todos os lugares.
Dica: nos albergues a internet é grátis para quem tem o seu computador.

sábado, 28 de maio de 2011

O visto para os Estados Unidos pode cair ? Opa...agora sim !

Pois é, o Obama é o cara !
Você pode ter a opinião que for, mas uma coisa você há de convir comigo: o cara é vem para o Brasil, agrada todo mundo e promete estudar o fim do visto para os Estados Unidos.
Pouco tempo depois, a coisa começa a se concretizar.
Informações publicadas na Folha de São Paulo, durante cobertura da 43ª edição do PowWow, o maior evento da indústria do turismo dos Estados Unidos, realizada em San Francisco. dão como certo o fim da obrigatoriedade do visto americano para os brasileiros.
Também pudera: o Brasil já é um dos principais paises a enviarem turistas para a terra do Tio Sam. Só no ano passado, mais de 1 milhão e 200 mil brasucas deixaram cerca de US$ 1,1 bilhão em terras americanas. E para quem está em crise, um dinheirinho desse não faz mal a ninguém.
Mas, a saga para se conseguir um visto ainda continua. São dias, semanas ou meses de espera, valores altos, estresse nas entrevistas para saber se vai ser ou não aceito, enfim, todas aquelas dores de cabeça que o turista bem sabe como é.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

VALE MUITO A PENA VISITAR ESSE BLOG !

Meu último post foi sobre o Castelo de São Jorge, em Lisboa e recebi um comentário e convite da minha querida blogueira Milla. Ela postou uma matéria MUITO BOA sobre os castelos do Reino Unido.
Um lindo trabalho de pesquisa com textos e fotos que vale a pena você visitar.
O link é:
http://milla-delapraca.blogspot.com/2011/05/alguns-castelos-pra-chamar-de-seu.html?showComment=1306436947264#c5544265108188112890

domingo, 22 de maio de 2011

O Castelo de São Jorge.

Bom, São Jorge não morou aqui, mas acabou sendo homenageado. O Castelo de São Jorge é uma das principais atrações de Lisboa. Situado no alto de um morro, o belo e imponente castelo foi construído pelos mouros e depois conquistado pelos portugueses que usaram o local como principal prédio real.
Do alto de suas muralhas, pode ser ver toda a beleza da cidade de Lisboa e a imponência do Rio Tejo.
Infelizmente, a visita limita-se apenas ao prédio: não há museu, pinacoteca, móveis, armaduras medievais ou quaisquer outras atrações ou instalações. O visitante tem à sua disposicão apenas uma estrutura básica com um restaurante, banheiros e uma sala que reúne algumas peças arqueológicas encontradas no local.
Uma dica: para retornar ao centro de Lisboa, utilize o bondinho elétrico. É divertido e nostálgico.

Só foi a Microsoft aparecer que...

Não é por ser usuário de Apple que vou meter o pau na Microsoft gratuitamente, mas o que vem acontecendo com o Skype depois que a gigante dona do Windows comprou esse serviço é um absurdo.
Como todos sabem, o Skype é um serviço de telefonia Voip, ou seja, você consegue fazer chamadas telefônicas com vídeo através da Internet. De um usuário Skype para outro, a ligação é grátis.
No último dia 10 de maio a Microsoft anunciou a compra do Skype por 8,5 bilhões de dólares, umas das maiores aquisições da empresa em toda a sua história. O objetivo é tentar mais uma vez, se fazer presente na Internet e frear o crescimento do Google.
Como usuário do Skype, ficou evidente a queda de qualidade do serviço nesses últimos 10 dias.
Em fevereiro do ano passado, passei 17 dias gravando o programa em várias cidades italianas e todos os dias, religiosamente, usava o Skype para falar com a família usando a câmera de vídeo.
Em fevereiro deste ano, foi a mesma coisa. Ficava mais de uma hora conectado conversando com todo mundo e a qualidade de vídeo e áudio era excelente.
Nessa semana, porém, tentei falar com minha família que estava viajando na Europa. Desastre total !
Áudio péssimo, chiado e sendo cortado constantemente. A imagem de vídeo então, nem se fala. Para se ter uma idéia, o único jeito de conversar por alguns minutos era desligar a câmera e ficar só no áudio.
Até mesmo as ligações internas perderam qualidade.
Se esse for o caminho do Skype nas mãos da Microsoft, lamento dizer que perdemos um excelente serviço que era a salvação dos viajantes sem grana.

domingo, 15 de maio de 2011

Parabéns ao Daniel e Alexandre Pires !

Acabei de postar sobre a dupla Mirosmar e Welson e a falta de respeito que eles tiveram com fãs, deficientes e imprensa. Mas, nesse post quero ressaltar dois ARTISTAS que merecem respeito e o carinho dos fãs: DANIEL E ALEXANDRE PIRES.
Ambos atenderam a todos os fãs e imprensa. O cantor Daniel inclusive, fez questão de atender primeiro as pessoas com necessidades especiais, um gesto nobre que merece os Parabéns.
Abaixo, as duas entrevistas que realizamos com esses dois grandes cantores.



Zezé di Camargo & Luciano desrespeitam imprensa e fãs.

Os 2 filhos de Franscisco pisam na bola em Louveira...

Nessa época eles precisavam da imprensa.
O grande público que assistiu ao show da dupla Zezé di Camargo e Luciano durante a 44º Festa da Uva da cidade de Louveira -SP neste último sábado (14/05) nem deve ter percebido o clima entre os dois filhos de Francisco. Mas, nos camarins, a coisa não estava nada boa. Zezé cujo nome verdadeiro é Mirosmar, chegou primeiro, horas antes, acompanhado de sua mulher Zilu.
Ficou recluso no camarim à espera de seu irmão Welson, ou Luciano. Como um típico pop-star, ele chegou num carro blindado, todo preto, vidros filmados e a toda velocidade quase em cima da hora do espetáculo.
Enquanto isso, no portão de acesso ao camarim, apenas autoridades, VIPS e seus parentes tinham a permissão para entrar.
Uma longa fila de "bacanas" se formou nas escadas de acesso ao palco e camarim à espera da hora de tirar uma foto com a dupla.
No lado de fora, a imprensa tentava, pelo menos saber de alguém da produção se iria ou não ser atendida. Depois de muita espera, veio a resposta de que eles não iriam atender a imprensa. O motivo ? Só Deus sabia.
Jornalista já está acostumado a levar paulada, mas revolta ver uma adolescente cadeirante com deficiência mental, um outro rapaz deficiente e uma fã ardorosa que há 11 anos tenta tirar uma mísera foto com a dupla serem impedidos também.
Aliás, essa fã chamada Ilsa veio da cidade de São Miguel Arcanjo, interior de São Paulo, apenas para ter uma chance de realizar o sonho de tirar essa foto. Ela disse que já escreveu mais de 200 cartas para eles tentando marcar esse encontro, mas nenhuma resposta lhe foi dada. Nossa idéia era levar a Ilsa junto com a gente e registrar esse momento. Mas, nem ela e nem eu conseguimos passar pela barreira de seguranças, produtores e outras autoridades.
Na hora me veio à mente, cenas do filme "Os 2 filhos de Francisco". Filme excelente e que conta a saga de jovens cantores em busca do reconhecimento e da realização de um sonho. Recordo-me que aqueles personagens eram humildes, simples e respeitavam as pessoas. Pensei comigo: bem que esses dois babacas poderiam se espelhar naqueles personagens.
Foi aí que me toquei que aqueles personagens eram eles antes que a fama os transformassem no que são hoje. Profissionais sem sensibilidade.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Lembranças da ditadura

A Virada Cultural da Cidade de São Paulo não se restinge apenas à shows musicais. Todos os museus da cidade permanecem abertos e com entrada liberada, free total. Eu aproveitei que estava na Estação Júlio Prestes e fui visitar a Pinacoteca no intervalo de um show e outro. Ali no prédio da Estação Pinacoteca funciona também o Memorial da Resistência, que relembra a luta dos movimentos organizados contra a Ditadura.
Para quem não sabe, nesse prédio funcionava entre os anos 40 a 80 o famigerado DEOPS/SP - Departamento de Ordem Política e Social do Estado de São Paulo.  Nesse local, além de uma vasta documentação sobre os momentos de terror da ditadura, você passa pela experiência de conhecer como eram as celas que abrigavam os presos políticos. Nesse local, a tortura física fazia parte da rotina diária de todos.

Memorial da Resistência de São Paulo
Largo General Osório, 66 – Luz
Entrada franca
CEP 01213-010 – São Paulo – SP
Telefone: 55 11 3335 4990
Agendamento de visitas educativas: 3324.0943 ou 0944


domingo, 17 de abril de 2011

A Máquina do Tempo.

Blitz
Hoje fiz uma viagem no tempo. Precisamente, viajei 25 anos no passado, graças à Virada Cultural.
Minha manhã começou do mesmo jeito que no passado: peguei um ônibus e fui até o local dos shows, no centro da cidade. Lembro que na década de 80, era muito comum diversos shows rolarem em vários locais como Parque do Ibirapuera, Estádio do Juventus, etc.
Na década de 80, trabalhava na discoteca da rádio Eldorado FM e na redação da Transamérica FM. Pela manhã, entrevistava os novos artistas que iam visitar a emissora para lançar seus trabalhos. À tarde, catalogava e guardava os LP's na gigantesca discoteca da Eldorado.
Era normal tomar café com Nando Reis dos Titãs ou Marina Lima, até porque eram jovens em ínicio de carreira. Nas grandes festas de lançamento dos discos, nos esbarrávamos e jogávamos muita conversa fora.
Como trabalhava em rádio, ganhava todos os LP's, muitos deles autografados. Nesse período, dividia uma casa no bairro de Perdizes com um divulgador da Odeon - Zé Antonio - que era o cara responsável pela divulgação da Blitz em São Paulo e Nelson Beccari, técnico de som e amigo de trabalho na Eldorado.
Ainda como jornalista da Transamérica FM, fui cobrir o primeiro Rock in Rio e, assim como hoje, tive a oportunidade de assistir e curtir Evandro Mesquita e a Blitz. No Rock In Rio, a Blitz era a banda nacional sensação do momento. Acredito até que foi a primeira banda brasileira a se apresentar no festival com um show super produzido. A música "Você não soube me amar" tocava de 5 em 5 minutos e todo mundo sabia a letra de cor e salteado. Lembro que assisti a um show sofisticado, cheio de efeitos especiais onde até um mini-carro entrou no palco.
O tempo passou, mudaram alguns componentes da banda, mas a alegria de tocar continua forte.
Tenho a certeza de que eles também se surpreenderam ao ver um público formado em sua maioria por garotos e garotas que nem estavam pensando em nascer quando estouraram. Alguns, quem sabe, foram até concebidos ao som de "Dois Passos do Paraíso" ou da sugestiva "Geme Geme".
Hoje, assim como no passado, todo mundo cantou junto, do começo ao fim, os sucessos da banda.
O show e a viagem ao passado acabaram. Para mim ficou a certeza de que quando a música é boa, 25 ou 52 anos não faz diferença: sempre haverá uma multidão para cantá-la.
Obrigado Blitz !

terça-feira, 12 de abril de 2011

Erótika Fair: dicas e produtos para as mulheres.

O VIDEO FOI RETIRADO A PEDIDO DO GOOGLE QUE CONSIDEROU OFENSIVO... NAO SEI ONDE ELES VIRAM COISAS ERRADAS NESSA MATERIA. NO YOUTUBE MOCHILEIRO40TAO VC PODE VER A MATERIA COMPLETA...

sábado, 9 de abril de 2011

Cachorros, não me mordam !

Nada a declarar !
Importante: esse texto é apenas uma análise bem-humorada sobre a relação homem-cachorro. Para manter minha integridade física, assinei um documento em cartório declarando que gosto de cachorros. Entendido ?


Não sei o que é pior: falar que é ateu ou racista ou que não gosta de cachorro !
A coisa para os lados das pessoas que não tem lá muita simpatia com os bichos peludos de 4 patas não está muito boa.
Nos dias de hoje, falar mal de um cão é tão feio quanto xingar a mãe, bater no padre ou derrubar o bolo da noiva.
Ser cachorro é melhor do que ser gente.
Basta você fazer algum comentário, uma crítica mínima contra um cachorro e pronto: já leva uma espinafrada.

Um vizinho acabou de se mudar com 2 grandes cães. Um deles, é de boa. O outro, late e chora o dia todo !
Nem precisa dizer que os donos ficam fora o dia todo e não escutam seus filhos. Resolvi comentar o caso com algumas pessoas… Erro meu.
Escolhi pessoas que amam cachorros. No final da conversa faltou pouco para não sai como culpado da história. Uma delas sugeriu que eu me mudasse de casa !
E olha que eu não lato.

E os donos de cães meio que formam uma confraria, uma seita secreta onde um defende o outro. Acho que existe um código secreto entre eles. Um olha para o outro e faz algum sinal. Pronto, esse tem cachorro. Está protegido.

Pena mesmo sinto dos namorados cujas companheiras são fanáticas por cães:

Se o cão faz xixi no tapete é um safadinho que quer chamar a atenção.
Se o namorado erra o alvo no banheiro, é um tonto sem mira.
Se o cachorro quebra o vaso é porque ele está nervoso.
Se o namorado quebra o copo é porque não presta pra nada, nem para beber água…

A namorada acostumou a beijar o cachorrinho na boca. O namorado se conformou em beijar a boca do cachorro por tabela.

O cachorro late alto e o máximo que ele escuta de bronca é: quieto lindo.
O namorado resolve aumentar o volume da tv durante o jogo: abaixa essa merda, cretino.

O que eu admiro nos donos dos cães é a paciência e a falta de bom senso. Dia desses, na fila do mercado, ouvi um pai falar para o filho: o Rex tá soltando muito pêlo. Ontem a porta da lavanderia abriu com o vento e a minha manteiga ficou cheia de pêlos.
Ele falava e ria enquanto eu tentava manter o lanche quieto no meu estomâgo. Manteiga peluda com sal no café da manhã !

Acreditem, do jeito que tá indo, logo logo os sexy-shops vão lançar uma nova fantasia para o dia dos namorados: a do scoobydoo.

Nos portões da realeza, o guarda sumiu.

Portões reais. Deus Salve a Rainha...Salve mesmo !
Imagine a cena: todos os dias, centenas de pessoas se agromeram na frente da sua casa, tiram fotos, mexem com os seguranças e depois vão embora. Esse é o cotidiano do Palácio de Buckingham, em Londres, residência oficial da Rainha da Inglaterra.
Os turistas, quase que religiosamente às 11h da manhã, ficam em frente ao Palácio aguardando a famosa troca de guardas.
Para minha decepcão, não deu para zoar o Guarda Real, aquele famoso personagem que em nenhum momento demonstra emoção, mesmo quando você o provoca. Eles ficam do lado de dentro do portão, esse da foto, a uns 200 metros da multidão.
Pensando bem, pela quantidade de gente que eu presenciei em frente ao Palácio, não seria lá muito seguro para o Guarda ter algumas centenas de pentelhos na sua frente. Todos os mesmo tempo.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

A festa está solta na Erótika Fair e nas ruas de Sampa.

Será que vamos chamar a atenção ?
A cidade de São Paulo sempre apresenta alguma novidade em suas ruas e avenidas. Quando não são os congestionamentos e arrastões, são ações de protestos e conscientização. E algumas bem humoradas como a que aconteceu ontem.
Artistas nacionais e internacionais do mercado erótico que estão participando da Erótika Fair se uniram a idosos para protestar contra a pedofilia bem no cruzamento das avenidas São João e Ipiranga.
Durante algumas horas, distribuiram folhetos aos pedestres, tiraram fotos e promoveram essa ação.
Aliás, a Erótica Fair já começou e vai até domingo. Essa é uma das maiores feiras do mercado erótico brasileiro e a cada ano vem ganhando mais destaques. Nem precisa dizer que a entrada da feira é para maiores de 18 anos.

Serviço:

18ª Erótika Fair
Data: de 07 a 10 de abril, das 14h às 22h
Local: Espaço Tancredo - Av. Pres. Tancredo Neves, 600 - Ipiranga - São Paulo/SP
Ingressos: R$ 40,00/dia, ou R$ 50,00 pacote para os 4 dias
Informações: www.erotikafair.com.br
Censura: Proibido para menores de 18 anos

sábado, 2 de abril de 2011

Apple Stores: um novo conceito de lojas.

Apple Store do Louvre, Paris
No Brasil ainda não chegou, mas logo logo vamos ter que nos acostumar com um novo conceito de lojas de informática: a Apple Store.
São lojas enormes - algumas com até 4 andares - onde o cliente simplesmente faz o que quer lá dentro. Todos os tipos de computadores, ipod, ipad e outros i-alguma coisa da Apple estão à disposição dos clientes que podem jogar, navegar pela internet ou usar qualquer software do equipamento.
Nas enormes mesas, divididas por tipos de equipamentos, há bancos para se sentar e usufluir todos os recursos da máquina. Nos demais andares, o cliente pode pesquisar e comprar softwares, fazer cursos e worshops gratuitos ou pagos, consertar equipamentos, enfim, o que você imaginar de recursos e serviços para os produtos da Apple você encontrará num único local.
O interessante é que os atendentes em nenhum momento te pertuba e nem ficam forçando vendas.
O ambiente é extremamente informal, tanto que os vendedores só são identificados pelas camisetas azuis e o ipad na mão. Ah sim, todo mundo da loja usa o ipad para consultas e tirar os pedidos.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Mochileiro40tao - Episódio 7

Programa Mochileiro40tao na íntegra - episódio 6

Estudando fora e gastando pouco.

Iuppiii...
Hoje a partir das 16h00 estarei dando uma entrevista no Programa Papo de Mulher, da Rede Família de TV, em Campinas. O tema vai ser como estudar no exterior gastando pouco.
Há um número muito grande de brasileiros buscando aperfeiçoamento da língua inglesa no exterior. Basta andar nas ruas de qualquer grande - ou até mesmo pequena - cidade da Europa que você vai, literalmente, tropeçar em brasileiros.
A pergunta é: como estudar fora e gastar pouco ?
Conversando com alguns amigos que estudam e moram na Europa, deu pra traçar um mapa da economia.

Qual o local mais barato para estudar ?

Uma coisa é sair do Brasil por 10 dias para fazer turismo, outra coisa é morar 3, 6 ou 12 meses no exterior. Em primeiro lugar, os pais - em conjunto com seus filhos - devem fazer um planejamento detalhado e ver se o dinheiro economizado vai realmente dar conta da empreitada. Tudo tem que ser pensado, planejado e jogado no papel: curso, materiais, moradia, alimentação, lazer, etc.

Os principais destinos que os brasileiros buscam são: Europa, Canadá, Estados Unidos, Irlanda e Austrália. Todas são excelentes opções, só depende do tamanho do bolso de cada um.

Lembre-se de que a moeda da Europa é o Euro, que custa em média R$ 2,40, ou seja, quase 2 vezes e meia o valor do nosso Real. Acredite: isso faz uma GRANDE diferença na hora das contas, principalmente quando se planeja ficar por muito tempo lá fora.

Canadá e Estados Unidos são opções muito interessantes, principalmente pelo valor atual do dólar em relação ao Real. No caso do Canadá há um detalhe a mais: além de ser mais barato do que nos Estados Unidos, muitas escolas canadenses estão oferecendo pacotes especiais para brasileiros, uma forma a mais de incentivo.

Vistos

Outra preocupação que os pais e alunos devem ter é com o visto de estudante: independente do país visitado você vai precisar dele. Sem o visto, dificilmente você conseguirá estudar. Cada país segue uma regra para aceitar o estudante, nesse caso, definido o destino, verifique no site da embaixada quais as exigências necessárias.
Alguns países como a Inglaterra, exigem comprovação de renda, de pelo menos 800 euros livres por mês, em conta-corrente no Brasil. O visto de estudante permite que o aluno fique no país estudando e, em alguns casos, até trabalhe legalmente.
Uma dica é se municiar de todos os documentos possíveis que comprove que realmente você está indo para estudar, ou seja, mostre que tem relações fortes no Brasil e que não ficará morando por lá.

Passo-a-passo

Defina o país e a verba disponível > Selecione o curso e faça a matrícula (algumas escolas já indicam a moradia) > Tire o visto de estudante > Boa Viagem.

Sites interessantes

Alguns sites que podem ajudar na decisão:

http://www.e-dublin.com.br - informações interessantes sobre a intercâmbio e Irlanda
http://www.studycanada.com.br - cursos para o Canadá

http://englishstudio.com/ - Estudar em Londres
http://www.kaptest.co.uk/?gclid=CKKQ9_SEyKcCFcJP4Qod4z0lCw - Aqui você testa seu nível de inglês
http://www.csm.arts.ac.uk/ - site da Universidade de Artes de Londres

quarta-feira, 23 de março de 2011

Como comprar barato o seu ingresso para os musicais em Londres.

West End: burburinho dia e noite.

Essa semana estive com dois amigos em Londres, e fomos desbravar os musicais. A verdade é que, como estou acostumada a comprar apenas para mim, comprar para 3 foi uma cruzada de corre-corre de casinha de ingressos para outra e vai e volta da porta do teatro tentando achar um ingresso com um valor razoável e que coubesse no bolso dos 3.  Triste foi que na madrugada achei um excelente na internet , que claro na tarde do dia seguinte já não estava disponível então seguem algumas dicas para você economizar nos ingressos.

A região da West End em Londres, não perde em nada para a Broadway de New York, a não ser em tamanho talvez. Os teatros estão espalhados por todas as ruas que fazem parte desse ambiente eletrizante, que está localizado em uma das areas mais turísticas da cidade: Leicester Sqr, Picadilly Circus, Covent Garden, um teatro ou outro pode estar afastado mas nada que um tube (metrô) não te deixe na porta do teatro.

O truque para aproveitar bem os musicais é saber o quanto você está disposto a gastar pois existem inúmeros lugares para a compra do ingresso e os preços variam de 10 pounds à 90. Pode parece maluco, mais é verdade.

Se você tem em mente gastar de 35 à 54 pounds na média, vale a pena comprar seu ingresso nas casinhas de tickets espalhadas pela Leicester Sqr.  Todas são seguras e vendem os ingressos mais caros pela metade do preço. Sugiro que evite a TKTS,  onde os descontos são menores e os ingressos evaporam rápido, porém é uma referencia de ingressos pelo mundo, daí atrai muita gente. 

Dê preferência para as casas que conseguem te falar exatamente onde é o seu acento, para evitar surpresas. Nesse caso você consegue comprar o ingresso em cima da hora, mas não deixe para o último minuto para evitar chegar correndo no teatro.

Agora se você está disposto a gastar menos, também existe essa opção: todos os teatros possuem tickets mais baratos como a opção standing ( ficar em pé) que variam de 10 - 35 pounds, a visão do palco talvez seja comprometida em alguns casos, porém na maioria das vezes você acaba em um lugar excelente, apenas mais afastado do palco. 

E nesse caso o melhor lugar para comprar o ingresso é no próprio teatro ou no www.lastminute.com , o legal desse site é que dependendo das vendas do dia você pode receber um upgrade no seu ingresso, que foi o que aconteceu comigo, comprei no balcony e acabei no stalls, que são os melhores lugares da casa, não é sempre, mas vale a pena checar. Porém é legal comprar pelo menos 24 horas de antecedência.

A dica final é, escolha um musical que esteja há mais tempo no circuito, por que depois de investir seu rico dinheirinho num ingresso tudo que você menos quer é sair decepcionado, quando em Londres , "We Will Rock You" é imperdível (produção original do West End), o hit "Wicked", o clássico Phantom of The Opera e o divertido "Mamma Mia" são sempre ótimas escolhas.

E depois é sentar e sair cantando as músicas que marcam a apresentação.


por Ananda Karenina, direto de Londres

St Paul Cathedral

Imperdível.

A St Paul Cathedral é uma grande sobrevivente de Londres, pois foi originalmente construída de 1675-1710 pelo Arquiteto Sir Christopher Wren, após sua antecessora ter sido queimada pelo Grande Incêndio de Londres.

A pobre catedral é sempre o primeiro alvo a ser bombardeada quando em guerra ou mesmo por revoltas internas.

A catedral celebrou o Jubileu da Rainha Victoria, serviços de paz no final da Primeira e Segunda Guerra Mundial, Aniversário  da Rainha Elizabeth, o casamento do Principe Charles e Princesa Diana entre outras celebrações e funerais de grandes nomes da história Inglesa como Sir Wintson Churchill e Duke of Wellington.

Porém a sua versão mais recente é constantemente reformada e abriga serviços diariamente e visitas de turistas de todo mundo, que a visitam para se deslumbrarem com seus afrescos/mosaicos, como a vista do topo de sua torre como também admirar a inusitada estátua modernista "Mother and Child" ( Mãe e Criança) do Henry Moore que contrasta com toda a Arquitetura da Catedral como ver as tumbas de grandes generais enterrados na Cripta como o Admiral Lorde Nelson e se você for que nem a minha mãe ouvir o Órgão e se impresionar com o coral masculino.

A maneira mais fácil de chegar é pela Central Line (linha vermelha), descendo na estação St Paul, você sai e já vê a catedral, uma dica após a visita a catedral atravesse o Thames via Millennium Bridge e visite o Tate Modern.

A catedral fica aberta para turismo de Segunda- Sábado das 8:30am - 4pm


Ingressos: £14.50 (adultos)
                    £13.50 (estudantes)
                    £5.50 ( crianças entre 6-18 anos)


por Ananda Karenina, direto de Londres

terça-feira, 22 de março de 2011

Castelo Windsor morada real há mais de 900 anos….

Castelo de Windsor

O castelo de Windsor é o mais antigo castelo ocupado do mundo, é a residência real da Rainha  Elizabeth e seus antepassados há mais de 900 anos. 
Resumindo é muita história para contar. Infelizmente o turista não tem a chance de ver todo o castelo , pelo simples motivo que a família real ainda reside nele e o castelo, como todos os lugares da Inglaterra, está em constante reforma.

Mas o legal é que é super fácil chegar partindo da estação Waterloo (linhas Northern/Jubilee) em Londres, os trens para Windsor saem de meia em meia hora e não tem como errar a estação já que Windsor é a última de uma viagem que dura mais ou menos 50 minutos. Pode ser que você não comece a viagem sentado mas o trem esvazia ao longo do percurso e logo você garante o seu lugar.

Voltando ao Castelo: reserve umas 3 horas do seu dia para a visitá-lo e tente chegar cedo apenas para aproveitar a pequena cidade ao redor que é uma graça. Lá você encontra, pelo menos, uma versão de cada loja famosa de Londres e outras locais com artigos que você só encontrará em Windsor. Não deixe de passear pelo rio e visitar a Legoland.

No castelo você poderá ver:

- a Colecção de Bonecas da Rainha Mary. E que coleção! Provavelmente a maior casa de bonecas que você viu na sua vida.
- A Galeria de Desenhos que, constantemente muda a exposição. Ela possui um acervo de 600 desenhos do Leonardo Da Vinci só que, infelizmente pouco mais de 200 ficam expostos.
- A capela de St George , que fecha aos domingos para visitação turística, ou seja, entrou fica até o final da cerimônia.
- State Apartment's: cômodos reais com suas pinturas, móveis e tudo tradicional e na família real há gerações, as áreas mais legais são as salas de banquete e a exibição da porcelana real e suas histórias engraçadas como o caso da porcelana que nunca ficou pronta para o evento para o qual foi criada.

O ingresso para o Castelo é 16.50 pounds (adultos), 15 pounds (estudante), menos de 17 pagam 9.90 pounds e crianças com menos de 5 anos entram free.
Aberto de Segunda à Domingo das 09:45 - 16:00.
E não esqueça de pegar seu áudio-guide free na entrada do castelo, para poder entender a importância do castelo quando se passa de cômodo à cômodo.


por Ananda Karenina, direto de Londres.

Seja Bem-vinda Ananda !

Ananda Karenina Barbosa direto de Londres.
Para um turista de primeira viagem em Londres, andar de metrô, ou underground, é uma verdadeira odiséia. São inúmeras estações e conexões que deixar qualquer um perdido, mesmo andando o dia inteiro com o mapa na mão.
Para a minha sorte, nos dias que passei na cidade, tive a companhia da Ananda, filha de uma grande amiga minha de São Paulo, que há três anos mora e estuda cinema e TV em Londres.
Além de andar comigo para todos os lados da cidade - com direito a paradas estratégicas para os cafés nos Starbucks - ela fez câmera nas matérias produzidas por lá.
Aproveitando o seu talento e tino jornalístico, convidei-a a colaborar para o Mochileiro40tao, sendo uma correspondente internacional do projeto. Chique heim !
À partir de hoje, ela passa a enviar dicas, matérias, fotos e vídeos diretamente da terra da Rainha.
Mais uma vez agradeço o help e seja bem-vinda ao projeto. Esse site é seu !

Quando o rádio salvou a Torre Eiffel

A Torre Eiffel foi construída em 1889 como arco de entrada da Exposição Universal daquele ano. Tem 324 metros de altura e é o monumento pago mais visitado do mundo.
Agora o dificil é imaginar que em 1909 ela quase foi destruída quando venceu o aluguel do terreno. Graças a uma antena de rádio, instalada no topo, decidiram mantê-la em pé.
Hoje, além da antena da rádio, a Torre Eifel mantém uma antena de TV.

Algumas curiosidades sobre o Museu do Louvre.

Diana de Versalhes.
O Louvre é considerado o maior e mais importante Museu do mundo. Também, pudera, seus números são de assombrar qualquer ser humano.
Ele se localiza às margens do Rio Sena, em Paris e recebe todos os dias uma multidão de turistas ávidos em ver de perto a Monalisa, a Vênus de Millo e outras obras marcantes da história.
Sua ala egípcia é gigantesca. Fiquei me questionando se tinha sobrado alguma coisa no Egito para se ver, porque a quantidade de obras expostas é algo marcante.
O Louvre apresenta cerca de 8.000 anos de cultura oriental e ocidental e chegou a receber em 2009, 8,5 milhões de visitantes, uma média de 23 mil pessoas por dia !
O acervo do museu é de 380 mil itens e mantém para exibição permanente cerca de 35 mil peças.
Ir para Paris e não visitar o Louvre é o mesmo que ir para Roma e não dar uma passadinha no Vaticano.
Embaixo daquela famosa pirâmide de vidro, fica o centro de atendimento aos visitantes, um verdadeiro shopping center onde, além de comprar os bilhetes, você pode visitar importantes lojas de grife e até mesmo, fazer uma refeição completa.
Outro detalhe muito legal do Museu é que você pode tirar fotos e filmar à vontade. A entrada custa 10 euros e você pode ter a certeza de que foram os 10 euros mais bem gastos da sua vida.

Site Oficial: http://www.louvre.fr

quinta-feira, 17 de março de 2011

Pra onde correr ?

Não adianta os cientistas ficarem batendo na tecla de que o que vem acontecendo é uma coisa normal e que sempre aconteceu. Para mim, o mundo está mudando. E forte.
Os lamentáveis acontecimentos no Japão vêm mostrar as limitações dos homens, mesmo os que se julgam muito bem preparados e superiores aos demais mortais do planeta.
Cansei de ouvir, logo após as primeira notícias da tragédia, de que no Japão todas as Usinas Nucleares foram construídas e preparadas para resistir aos grandes terremotos. Todo mundo sabe que a localização geográfica do país favorece esse tipo de ação natural do planeta.
Na minha humilde opinião, os engenheiros e arquitetos esqueceram de levar em conta a força da natureza. E, diga-se de passagem, bota força nisso. Agora, pior do que o Tsunami que ceifou milhares, ou centenas de milhares de vidas, toda a população vive o pesadelo de um acidente nuclear sem precedentes na história.
Querer comparar com a Usina Nuclear de Chernobil é perda de tempo. A antiga usina ficava numa cidade afastada dos grandes centros, no meio de um enorme país - na época - e contava com poucos habitantes, quando comparada com a população que poderá ser afetada no Japão.
Notícias desencontradas, falta de combustível para transportar alimentos, falta de água mineral e racionamento de energia elétrica, isso sem contar que o frio continua castigando a todos com temperaturas na casa do zero grau.
Fico preocupado com as consequências desse desastre, pois se nem os sábios homens que pariram esses monstros nucleares estão conseguindo mantê-los quietos na jaula, como uma população inteira poderá acreditar que, realmente, está livre do perigo ?
Força, coragem e fé Japão !

terça-feira, 15 de março de 2011

FreePort: um outlet longe, mas imperdível !

No post anterior, falei do Shopping Vasco da Gama, que fica em Lisboa, uma opção de compras se você estiver com pressa. Mas ao redor da cidade, precisamente na Vila de Alcochete você tem o FreePort, o maior Outlet da Europa.
Inaugurado em 2004, o FreePort reúne lojas de grandes marcas e com preços muito baixos, além de salas de cinemas e praça de alimentação.
Esse complexo se localiza ao sul do Rio Tejo, na Vila de Alcochete, a 5 minutos da Ponte Vasco da Gama.


Como chegar lá:
De automóvel
De Lisboa, atravesse a ponte Vasco da Gama e siga em direção a Alcochete.
Do Sul do Tejo, siga a A2 e depois a A12, na direção do Montijo. Depois, vá pelo IC3 em direção a Alcochete.

De avião

O aeroporto mais próximo é o de Lisboa. À saída, apanha a A1, no sentido Norte e siga na direção da Ponte Vasco da Gama. Atravesse a Ponte e siga o sentido de Alcochete.

De ônibus

Barreiro - 410;
Cais do Seixalinho/Montijo - 412;
Setúbal - 413;
Lisboa (Estação do Oriente) - 431/432/437

Site: http://www.freeport.pt

Uma opção de compras em Lisboa.

Shopping Vasco da Gama
O Shopping Vasco da Gama está localizado em frente à Estação Oriente, um pouco distante do centro antigo de Lisboa. Como tudo nessa região, o shopping foi construído para a Expo 98, evento mundial sediado nesse ano em Lisboa.
É uma ótima opção de compras, mas não se compara com o Outlet Freeport, esse sim, com preços muito bons.
O Vasco da Gama é semelhante a um shopping brasileiro com grandes lojas âncoras, inclusive um supermercado da Rede Continente, no piso inferior.
A praça de alimentação é bem variada, com muitas opções em refeições e preços.
Se você estiver indo para Lisboa, está dada a dica. O site é http://www.centrovascodagama.pt/

sábado, 12 de março de 2011

Passagens a 10 reais na Gol e a 9 reais na Azul.

Na GOL, 10 reais por uma passagem aérea.
Uma ótima notícia para quem quer viajar nos próximos dias  ! Com a chegada de seu aniversário, a GOL resolveu fazer uma mega promoção colocando 100 mil passagens à 10 reais a ida. Ontem a noite mesmo, já chequei no site www.voegol.com.br e quase todas as cidades que ela opera são beneficiadas.
Realmente vale a pena aproveitar. Fiz uma simulação no site e consegui passagens de ida e volta para Caxias do Sul (Serra Gaucha) saindo de Campinas à 219 reais. Isso, viajando na sexta e voltando na segunda-feira.
Essa promo vai até amanhã, portanto, se quer viajar, corra e compre a sua passagem antes que acabe.
Além da GOL, a AZUL www.voeazul.com.br também lançou uma promoção para fazer frente a essa iniciativa da Gol. Na Azul, você paga 9 reais a passagem da volta, mas essa promoção é válida para algumas cidades. Nesse caso, você vai precisar de mais sorte. Na pesquisa que fiz, não consegui achar nenhuma passagem de 9 reais disponível. Acho que dei azar...rs

quarta-feira, 9 de março de 2011

Tem que tirar o chapéu para Israel... ou o Quipá, se preferir...

Israel em campanha para atrair turistas. 
Uma coisa que admiro nos israelenses: ousadia !
Enquanto o norte da África - incluindo seus vizinhos Egito e Jordânia - vem pegando fogo com os protestos, o governo de Israel resolveu ousar.
Está lançando uma campanha internacional para atrair mais turistas para o País.
A idéia é mostrar que o país é um paraíso no meio do caos e que é acessível, barato e seguro.
Os Estados Unidos, Rússia, Alemanha, Reino Unido e Escandinávia são os países-alvos da campanha que custará cerca de 12 milhões de dólares.
O mais interessante nessa história é que as principais atrações turisticas do País se encontram em território ocupado como a cidade antiga de Jerusalém e Belém.
Só para recordar: com as agitações para a derrubada de Mubarak, o turismo do Egito praticamente ficou congelado por 30 dias e ainda - literalmente - "camela" para voltar ao normal.

Uma roda gigante-te-te-te

Se a roda é desse tamanho, imagine a bike !
Ela tem uma circunferência de 424 metros e desde março de 2000 - exatos 11 anos - vem encantando alguns e irritando outros. Mas no ranking final, ela acaba agradando. E como agrada: mais de 3 milhões e meio de pessoas a visitam anualmente. Estou falando da The London Eye - O olho de Londres - a gigantesca roda gigante instalada às margens do Rio Tâmisa.
Lá do alto, você pode avistar toda a cidade de Londres, numa extensão de 40 Km.
O projeto foi muito criticado pelos mais tradicionais, já que constrasta totalmente com a paisagem formada por pontes antigas e prédios históricos. Mas, como eu já disse em outro post, Londres é uma senhora bem velhinha, mas extremamente assanhada. Dá-lhe tia !

O Site oficial é http://www.londoneye.com

sábado, 5 de março de 2011

O paraíso secreto das fotos digitais...

Olha o passarinho ! Onde ?
Reparem nessa foto. Tirei no quintal da casa da Giulietta, na cidade de Verona. Reparem na fila formada pelos turistas japoneses para tirar foto ao lado da estátua da JUJU.
Incrível, mas cada um deles estava devidamente equipado com sua Nikon, Canon ou Sony, daquelas com lentes gigantescas. Isso me chamou a atenção, porque, à partir daí passei a observar e filmar os grupos de turistas japoneses e a surpresa: todos os grupos - as vezes com mais de 30 pessoas - andavam equipados com suas máquinas fotográficas individuais.
Fiquei encucado e uma pergunta pairou no ar: pra onde vão parar tantas fotos ? Qual o tamanho dos HD's desses caras ?
Quem sabe não deva existir um mercado secreto de trocas de fotos, do tipo: "olha a minha foi tirada à 20 cm de diferença da sua. Vamos trocá-la ?"
Como já disse em outro post, acho que quando nasce um japinha, o primeiro presente que ele ganha - antes mesmo da mamadeira - é uma câmera fotográfica. E eu acho que estão mais do que certos, afinal foram eles que criaram essas maravilhas digitais. Por isso, tem mais que usar e abusar.

Tomei um baita susto !

Calma. Não aconteceu nada de mal. É que tomei um baita susto ao acessar a estatística do site mochileiro40tao.com. Até o momento, foram mais de 300 visitas só hoje ! Isso representa mais de 9.000 visitantes únicos em um único mês !
Essas visitas são graças às emissoras de TV's a Cabo parceiras do projeto que estão, semanalmente, exibindo e divulgando o programa do Mochileiro40tao.
Hoje, o programa está sendo transmitido semanalmente para mais de 20 grandes cidades do interior paulista, gaúcho e capixaba. Entre elas, Bauru, Campinas, Jaguariúna, Taubaté, Caxias do Sul, Americana, Novo Hamburgo, Mogi-Mirim, Vitória e Vila Velha entre outras.
Aproveito para agradecer a essas emissoras pela força que vem dando para o projeto. São elas:

São Paulo: TVcom Bauru, TV Cidade de Taubaté, Rede TVIN;
Rio Grande do Sul: TV Farroupilha, TV Caxias, TV Mais de Novo Hamburgo e JPTV. Breve, TV Bento Gonçalves.
Espírito Santo: TV Ambiental

Obrigado meus amigos. E aguardem a segunda temporada do Mochileiro40tao que está sensacional !

sexta-feira, 4 de março de 2011

We Will Rock You. Imperdível.

Por sugestão da minha amiga Ananda - que já assistiu a esse espetáculo, até agora, por 4 vezes ! - fomos ao Dominion Theatre conferir se o show era bom mesmo. Ele não é apenas bom, é excelente. Viciante.
Quem vai pensando ver um show cover do Queen, como o espetáculo "God Save The Queen", se surpreende pela história fácil de entender, mesmo para quem não fala muito bem o inglês.
Além do enredo, que apresenta um mundo do futuro sem músicas e instrumentos musicais, o espectador é pego pelas perfomances ao vivo dos dançarinos, atores e cantores que desfilam o "The Best Of Queen" com uma pegada típica de um show do Queen na fase Freddie Mercury.
Um dos destaques  vai para o cantor principal, o português Ricardo Afonso que, além de lembrar fisicamente o Freddie Mercury, canta que é uma barbaridade.
Já a gatíssima e afinadíssima Sarah French Ellis - a da foto - desfila charme e um vozeirão de derrubar o teatro, principalmente na música "Somebody to Love".
Depois do show, entendi porque a Ananda já foi por 4 vezes. Eu já to achando pouco.

No site oficial você pode ouvir toda a trilha sonora do musical. Vale a pena !
http://www.wewillrockyou.co.uk/#/music

Love Never Dies: conseguiram dar fôlego para o Fantasma...

Fantasma da Ópera 2.0

Um dos musicais mais concorridos em Londres é o Love Never Dies do compositor e produtor musical Andrew Lloyd Webber, o mesmo compositor do Fantasma da Ópera.
Trata-se de uma sequência da primeira história, um Fantasma 2.0. O espetáculo tem a direção de Jack O'brien e estreiou no Aldephi Theatre no dia 9 de março de 2010. Essa é a primeira vez que a sequência de um musical é encenada no West End.
Nem precisa falar que a crítica e o público adoraram. Pelo tamanho das filas para a compra dos tickets, o musical promete ficar muito tempo em cartaz.
Anote os dados para você se programar em Londres:

Love Never Dies
Adelphi Theatre - Strand - London WC2
Metrô - Estação Charing Cross

Horários dos shows:
Segunda a Sábado - 19h30
Quarta a Sábado - matinee - 14h30

quinta-feira, 3 de março de 2011

O dólar caiu de novo. É hora de planejar a próxima viagem.

1 dólar = 1,65 reais
Hoje, dia três de março, o dólar deu mais uma baixada forte. Fechou o dia sendo vendido à R$ 1,652 no comercial. Uma notícia que não agrada algumas pessoas, mas que deixam as pessoas que estão pensando em viajar para os Estados Unidos mais animadas.
Uma cotação de passagem aérea ida e volta entre São Paulo e Miami para viajar em Agosto custa R$ 1.500,00 no site da www.decolar.com.br, isso já com todas as taxas inclusas. E com possibilidades de ser parcelada em até 9 vezes sem juros, o que dá uma prestação inferior a R$ 170,00.
Por esse motivo, quem estiver pensando em viajar, comece a comprar dólares para o pé de meia da viagem.
Comprando a passagem aérea parcelada sem juros e comprando dólares picadinhos nos próximos meses, aquela sonhada viagem ao mundo mágico do Mickey começa ficar real.

Wicked: os bastidores de OZ

Que tal conhecer a opinião das bruxas de Oz ? Essa é a deixa do musical Wicked em cartaz no Apollo Victoria Theatre  em Londres.
O espetáculo, também em cartaz na Broadway, vem atraindo muitos turistas. Infelizmente minha verba não deixou eu ir assistir, mas bisbilhotei um vídeo numa das lojas de ingressos e fiquei surpreso. Pesquisando pela Internet e conversando com quem foi, a sensação é a de um ótimo espetáculo.
Aqui seguem todas as informações para você se programar:

Site: wickedpreview.co.uk
Horários: Segundas a Sabados - 19h30
Matinees de quarta a sabado às 14h30
Tempo de espetáculo: 2h45 minutos (tem intervalo pro sorvete)
Endereço do Teatro:
Apollo Victoria Theatre - Wilton Road, Londres, SW1V 1LG (lado oposto da Estação Victoria)

quarta-feira, 2 de março de 2011

Imigração européia. Não to falando de emprego não...

Vai pra onde heim ?
Aqui vai uma dica: quando planejar seu mochilão, pense em conhecer muito bem, no máximo, 2 países. Isso porque, cada vez que você entra e saí de um país é obrigado a passar pela imigração e alfândega.
Depois do último caso de atentado - daquele idiota que entrou com líquidos explosivos amarrados nos genitais - a vigilância ficou, digamos, um saco.
Em Madrid, no gigantesco aeroporto de Barajas, os guardas pedem para você tirar quase tudo. Botas, cintos, moedas, carteira, computadores são analisados um a um, passageiro por passageiro.
Vidrinhos ou tubos de creme com mais de 100 ml são imediatamente retirados de suas coisas e jogados no lixo. Viajar com uma garrafa de vinho ? esquece. Só se você despachar a garrafa dentro de sua mala e correr o risco de passar o resto da viagem cheirando vinho.
Tudo isso acontece depois que você já passou pelo martírio da imigração. Para se conseguir o visto, os policiais pedem e perguntam tudo: de onde veio, pra onde vai, tem dinheiro, quanto, como e por que ?
Depois de umas 10 perguntas, ele olha bem pra sua cara, pega o carimbo, dá um tempo teatral, olha de novo pra você e, finalmente, carimba o documento e te entrega o passaporte.  Nessa hora, até você que é inocente, se sente culpado de alguma coisa.

Tá "bravinha"... vai pescar. Ou voar !

Até agora não entendo o por que, mas cheguei a conclusão que o pior lugar para se trabalhar é em uma companhia aérea. Digo isso pelas observações que fiz durante as viagens.
Em todos os aeroportos, sem exceção, os funcionários e funcionárias estavam irritados, bravos, de cara-feia e, algumas vezes, sendo estúpidos entre eles e com os clientes.
O caminho sagrado dos mal-humorados começa quando você bota o pé para dentro do aeroporto e vai atrás de um carrinho. Sempre tem aquele funcionário que arruma os carrinhos no local e, quando você pega um, fica de cara feia porque você desarrumou o serviço dele. Meu amigo, assim é a vida de um carrinho e esse, é o seu trabalho.
Na sequência vem mais uma saga: o check-in.
Passagem, passaporte, RG, despacho de bagagem e a funcionária ali, séria e louca para despachar não só a sua mala, mas todos da fila. E para o inferno.
Depois do raio-x e das revistas dos policiais - alias vou postar uma matéria especifica sobre alfândegas no exterior - você finalmente entra e senta no avião.
Agora faço um parêntese para não ser injusto. Nas viagens nacionais, dei sorte de voar com comissárias e comissários educados e sorridentes. Fecha o parêntese.
Não vou tecer maiores comentários, só vou relatar um caso que vi no avião da Ibéria no vôo São Paulo-Madrid. As comissárias da Ibéria pareciam que tinham brigado com os respectivos namorados e maridos antes de embarcarem. Todas, sem exceção, de cara fechada. A uma certa altura do vôo, depois do jantar, uma delas passou servindo o café. A chegar perto de um passagem, a xicara virou em cima do sujeito. Acredite, ela nem se desculpou, saiu batendo as tamancas, pegou um monte de guardanapos de papel e jogou em cima do cara. Virou e foi-se embora.
O cidadão, agora totalmente cafeínado, se limitou a limpar e deixar pra lá. Afinal, com um monte de aeromoças espanholas à beira de um ataque de nervos seria bem capaz de uma delas abrir a porta do avião e jogar alguém lá pra baixo. Sem escalas.

terça-feira, 1 de março de 2011

Mochileiro40tao no site da InfoMoney

Acaba de ser disponibilizada uma matéria sobre o turismo independente citando o jornalista Edu Sona e o programa Mochileiro40tao no site www.infomoney.com.br, um dos mais conceituados sites de economia da Internet brasileira.
O link para a matéria é http://web.infomoney.com.br//templates/news/view.asp?codigo=2052068&path=/suasfinancas/

Confira e divulgue para os amigos.
Obrigado ao InfoMoney pela divulgação.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Antes foram eles. Agora é a nossa vez...

Monumento aos Descobrimentos
Num passado distante e a uma certa altura do campeonato, os portugueses tiveram que se lançar ao mar. Foi o período dos descobrimentos, a expansão portuguesa e a busca de novas rotas marítimas e terras. Esse conjunto de viagens durou de 1415 a 1543 e ajudou a definir o mapa mundial.
Como todos já sabem, em 1500 Pedro Álvares Cabral aportou em terras brasileiras, transformando Portugal num reinado forte e cobiçado por outros países ou reis.
De lá pra cá, o Brasil se tornou independente - graças a outro português com jeitinho brasileiro - D. Pedro I e seguiu seu rumo.
Durante anos, Brasil foi sinônimo de crise, enquanto a Europa se apresentava como uma alternativa de vida para muitos brasileiros. Hoje, a situação econômica dos dois países, se comparado com outras épocas, se inverteu. Portugal passa por uma crise econômica, a mesma que balançou a Grécia, Irlanda e Espanha.
Mas, mesmo com a crise, os portugueses  não deixam a peteca cair e viram que o turismo pode ser uma saída para a crise.
Uma leva de turistas brasileiros está tomando Lisboa. Em todos os lugares, você praticamente tropeça em brasileiros que, segundo a taxista portuguesa Dona Maria Francisca, estão gastando mais do que os americanos.

Napoleão é o cara... ou melhor, foi.

Arco do Triunfo
Para alguns ele foi o primeiro anticristo descrito por Nostradamus. Para outros, um herói. De qualquer forma, a verdade é que Napoleão Bonaparte foi o cara. Imperador da França e responsável pela expansão do Império francês, ele conseguiu conquistar toda a Europa e norte da África, chegando até mesmo ser coroado como Rei de Roma.
O Arco do Triunfo, localizado numa das extremidades da Avenida Champs-Elyseés foi construído para homenagear as vitórias militares de Napoleão. Sua construção durou exatos 30 anos (1806 - 1836) e com seus 50 metros de altura, é o maior Arco do Triunfo do mundo, superando os arcos romanos. Aliás, a inspiração para construir essa obra veio de Roma Antiga, quando os generais registravam nessas construções as histórias de suas batalhas.
Para subir no topo do arco você paga 7 euros. Para passar por baixo do arco, você não paga nada. Valeu Bonaparte !

Aqui o bicho pega...

O lendário Moulin Rouge.
Pigalle: guarde esse nome quando for visitar Paris. Esse é o bairro mais picante da cidade. São centenas de lojas, sex shops, casas de espetáculos adultos, enfim, um verdadeiro parque de diversão para quem gosta de sexo.
O Metrô para bem na porta. Ao sair da estação você dá de cara com o Sexdrome, um verdadeiro shopping center sexual de 3 andares onde você encontra de tudo: de acessórios, DVDs à prostitutas no balcão prontas para te atender.
Um programa na casa não é lá muito barato: para apenas assistir a um strip teaser - sem direito a nada - o felizardo terá que desembolsar 30 euros. Os valores aumentam consideravelmente se o cliente desejar mais ação, podendo chegar a 700 euros uma festinha a la Berlusconni, ou seja, um Bunga Bunga completo.
Nesse  bairro também encontra-se o famoso Moulin Rouge, um teatro de shows eróticos e que, nos dias de hoje e pela animação e ofertas da vizinhança, pode ser considerado conservador.

Por que o Museu do Louvre é O MUSEU ?

Ala do Egito Antigo no Louvre
O Museu do Louvre é "O MUSEU !" Além de giganstesco, ele reúne um patrimônio de obras de arte, antiguidades e documentos que, dificilmente, um outro local conseguirá superá-lo. Mas essa animação ao falar do Louvre não se refere apenas a isso.
Ao contrário do que muitos pensam, o Louvre não é aquele museu chato, um depósito de coisas velhas e empoeradas. Ele é dinâmico, vivo, interativo e, o mais importante: te dá a liberdade para você olhar, ler, fotografar e filmar o que quiser.
Os funcionários se limitam a apenas observarem sentados em suas cadeiras no canto da sala. Lá dentro, você pode simplesmente sentar no chão em frente a seu quadro favorito e ficar curtindo, tietando a obra. Grupos de estudantes fazem isso junto com seus professores. Não é raro você ver 20 jovens sentados no meio do corredor anotando as explicações do professor que usa o Museu como uma grande, dinâmica e real sala de aula.