Seguro

quinta-feira, 13 de junho de 2013

"O brasileiro é tão bonzinho..." - Kate Lyra

Atriz e profetisa que na década de 70 criou o bordão
"Brasileiro é tão bonzinho".
"Diária em hotel aumenta até 376% para Copa do Mundo, diz Embratur"

Na semana passada eu postei que o Ministro do Turismo havia pedido aos empresários brasileiros do ramo hoteleiro que cobrassem tarifas, digamos, "normais" nas hospedagens dos turistas durante a Copa do Mundo. Pelo jeito, não deram muita bola para essa solicitação oficial e, literalmente, "enfiaram o pé na jaca".

O Brasil, que poderia se beneficiar espetacularmente com o aumento de turistas estrangeiros, está jogando tudo pelo ralo. Pesquisa divulgada ontem (12/06) no site da FIFA aponta aumentos de até 376% nas diárias dos hotéis brasileiros.

Nesse item já viramos campeões mundiais, ganhando fácil de outros países que organizaram copas do mundo. Segundo a Embratur, as tarifas são 2,5 vezes mais altas do que as praticadas em Berlim, no Mundial de 2006, e em Johannesburgo, na Copa do Mundo de 2010.

Ainda de acordo com a matéria "Em Brasília, a comparação foi realizada em dois hotéis cinco estrelas. No primeiro, a diária em agosto de 2013 custa U$ 134. Para a Copa do Mundo de 2014, o valor passa para U$ 639, uma variação de 376%. Na outra unidade, localizada a cerca de um quilômetro do Estádio Nacional Mané Garrincha, a diária em agosto está cotada a U$ 125 e em junho de 2014 custa U$ 392, variação de 213,6%. "

Sim, você leu isso mesmo: um hotel que hoje custa US$ 134 custará US$ 639 na Copa do Mundo.

O Presidente da Embratur, Flávio Dino se diz chocado com esse aumento, pois ele poderá contaminar toda a cadeia produtiva do turismo brasileiro. O levantamento já foi encaminhado para a Secretaria de Defesa do Consumidor para que sejam realizadas apurações sobre esse abuso.

Sejam bem-vindos, gringos...
Há tempos eu venho escrevendo sobre os abusos, descasos e desmandos do turismo brasileiro. O problema é que chegou em um ponto perigoso e que poderá comprometer qualquer iniciativa futura de transformar o País numa potência turística. Nossa imagem no exterior já não é lá essas coisas e com situações como essa, tende a piorar.

Outro ponto que devemos levar em consideração é que vai sobrar para todo mundo, principalmente para os brasileiros. Vai sair mais barato você assistir a Copa do Mundo pela TV em algum hotel da Europa ou Estados Unidos do que na sua própria pátria.