Seguro

terça-feira, 16 de setembro de 2014

EU VIAJO POR CULPA DO MEU SOFÁ.

Sofá novo ou viagem ? tem dúvida ?
Você acredita que esse singelo jogo de sofás foi o "culpado" por duas grandes viagens internacionais ? É a mais pura verdade. Vou contar um pouco dessa história.

Esses sofás estão comigo desde 2008 e vieram direto da loja Etna. Não são muito confortáveis, mas dá para o gasto. A vantagem é que eles são "meio" transformers: basta puxar o assento e, voilá, viram camas.

No final de 2009 pensei em me livrar deles e comecei a pesquisar novos modelos. Queria um sofá maior, com encosto reclinável, tipo mega conforto.

Mas, a minha lista de opcionais ia diminuindo à medida que eu via os valores: 2 mil... 3 mil reais... 5 mil.

Nessa época já estava em curso a criação do meu blog de viagem, o Mochileiro40tao.
Ao me deparar com esses preços, caí na besteira - ou na felicidade - de começar a compará-los com o valor das passagens aéreas. Por diversão, passei a batizar cada modelo com o nome de uma cidade: Lisboa, Londres, Roma, etc...

Um dia quase caí na tentação de comprar um que custava mais de 3 mil reais. Segundos antes de fechar negócio, o lado viajante pesou e vi que, com esse dinheiro eu poderia viajar para a Itália.

Foi exatamente o que fiz. Com mais um pouco de grana guardada, viajei por 17 dias pela Itália e Suíça. Fui de Nápoles à Veneza, passando por Berna (Suíça) curtindo os trens, dormindo em hostel e visitando monumentos que, até aquele momento, conhecia apenas por fotos de revistas e livros.

Em Roma, lembro-me de ter sentado em uma enorme pedra com mais de 2 mil anos no interior do Coliseo. Essa foi a hora que parei, descansei, agradeci e aprendi.
Graças à Deus estou neste local e sentado nessa pedra. Poderia estar em casa, sentado no sofá vendo um documentário na TV. Que chato !

A pedra nem de longe era confortável, mas eu estava lá, vendo e sentindo ao vivo aquele magnífico local. O sofá vermelho continua lá em casa, firme, forte e sempre motivador. Em 2010, ele foi um dos responsáveis por uma nova e grande viagem. Mas isso eu conto depois...