Seguro

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

NA ESCOLA QUE ELES ESTUDAM, OS BRASILEIROS DAO AULA...

Toda viagem tem o lado bom e o lado ruim. Como hoje a viagem esta acabando, resolvi contar algumas coisas nao muito boas sobre a Italia. Para resumir, vou colocar em topicos:

1. Nao sei se e' a crise economica, mas na maioria dos lugares, sempre tem um italiano prontinho para te passar a perna. Ou ele quer te cobrar a mais, ou fazer com que voce pague um ou outro servico que voce nao pediu. Portanto, ao fazer compras ou ir em restaurantes por aqui, fique atento. Como escrevi numa das postagens anteriores, em Pompeia cobraram 1 euro por cabeca para sentarmos na mesa do restaurante para comermos uma pizza. Sera que eles achavam que iamos sentar na calcada ?

2. Infelizmente cheguei a uma conclusao. Alias, eu sozinho nao, todos os brasileiros, americanos, canadenses e demais mochileiros que conversei: italiano nao gosta de turista. Gostam do dinheiro do turista. Se fosse possivel, eles queriam que viesse apenas o dinheiro para ca. Os turistas poderiam ficar em suas casas mesmo. Atendem mal, nao tem paciencia em ajudar ninguem e ficam olhando e vigiando quando voce entra nas lojas. Nos ultimos dias eu ate estou zoando os caras: entro com o mp3 ligado e ando por toda a loja, mexo nas coisas e depois eu saio tranquilamente. Ou seja, que se danem...kkkk

3. O sistema de transporte e' interessante nas cidades, exceto em Napoles. Alem de poucas linhas, ninguem controla nada. Viajei de metro com o bilhete vencido e nem percebi. Sorte dos mochileiros. Mas ha de se fazer uma ressalva: os italianos do sul sao bem mais alegres e atenciosaos do que os do norte. La todo mundo ri e brinca. Os do norte sao os que popularmente chamamos de "cuzoes"....rsrsrsr

4. Tomem cuidado com o Eurail Pass. Os bilheteiros (esses sao os campeoes da antipatia nacional italiana) nao te avisam e nem validam os passes. Se voce for pego, como eu fui, dentro do trem sem o passe validado, pode ser multado. A minha sorte e' que na terceira viagem a fiscal me avisou dentro do trem e me ajudou. Quando cheguei a estacao e pedi para carimbarem, o bilheteiro teve a cara de pau de dizer que nao precisava, ou seja, eles armam um esquema para multarem turistas...

5. Nos bares, cuidado com os garcons. Eu e mais 2 brasileiros fomos num bar chamado Il Gusto, perto da plaza del popolo. O esquema era: so a taca de vinho 6 euros e 9 euros o vinho com petisco. Quando chegamos, a mesa ja estava meio vazia e o garcon disse que iriam repor
Pedimos a opcao com petisco. A nossa surpresa e que 5 minutos depois, tiraram o resto dos petiscos e o idiota do garcon ficou cochixando e rindo com outro garcon enquanto olhavam para nos. Nao deu outra, quando fomos fechar a conta, o gerente quis cobrar os 9 de cada um. Fechamos o tempo e entregamos a ma-fe do garcon, que acabou levando uma CR do gerente.
No final, pagamos apenas o que bebemos.

No geral, poucas e insignificantes coisas deixaram a desejar, mas e importante citar para que ninguem mais caia nessa. Alias, lanco uma proposta: que tal tratarmos o turista italiano do mesmo jeito que eles tratam os brasileiros por aqui ?