Seguro

quarta-feira, 22 de maio de 2013

"O GUIA DEFINITIVO DO TURISTA ASSALTADO" #3 - Vida Noturna / "The Definite Guide Tourist Assaulted" # 2 - Night life

É hora da balada...

Provavelmente o primeiro item da lista de atividades que um turista estrangeiro cumprirá quando chegar ao Brasil é conhecer uma balada, ou seja, curtir a vida noturna brasileira.
Há milhares de opções que vão de baratas e perigosas ou absurdamente caras.
Porém há alguns cuidados que o turista desavisado deve observar:

1. Peça indicações do local da festa no hotel ou albergue e cheque, principalmente, se a região onde está localizada a casa noturna é segura.
2. Use sempre o táxi, de preferência, indicado pelo hotel.
3. Evite caminhar pelas ruas das cidades, principalmente, à noite. Você sempre será um alvo fácil.
4. Na balada, cuidado com bebidas oferecidas gratuitamente por estranhos ou estranhas. Seja gentil e educado, mas não seja idiota. Aqui vale aquele conselho de mãe: nunca aceite nada de um estranho.
5. Confira o seu consumo na hora de pagar a conta, mesmo que você esteja bêbado feito um gambá.
6. As brasileiras são bonitas, sensuais e gostam de dançar, mas isso não significa que você esteja liberado para fazer o que quiser. Lembre-se de que ao lado de uma brasileira bonita, sempre tem um brasileiro bombado pronto para te quebrar a cara se você for abusado.
7. Evite armar confusão dentro das casas noturnas: os seguranças brasileiros nem sempre são gentis com bagunceiros, principalmente, estrangeiros.
8. Se recebeu convite para uma festa, cheque exatamente qual é o tipo de evento que você foi chamado... dessa maneira você não corre o risco de ir parar num "pancadão" bem no meio do morro do alemão ou numa rave gay em algum inferninho da Rua Augusta.
9. Nas casas noturnas com shows de bandas ao vivo é comum cobrar couvert artístico, mesmo que a banda seja ruim...


"The Definite Guide Tourist Assaulted" # 2 - Night life


Probably the first item in the list of activities that fulfill a foreign tourist when you get to know Brazil is a ballad, or enjoy the nightlife Brazilian.
There are thousands of options ranging from cheap or ridiculously expensive and dangerous.
But there are some precautions that unsuspecting tourists should note:

1. Ask for referrals from the local party at the hotel or hostel and check, especially if the region where is located the nightclub is safe.
2. Always use a taxi, preferably indicated by the hotel.
3. Avoid walking on city streets, especially at night. You will always be an easy target.
4. In the ballad, watch free drinks offered by strangers or strange. Be gentle and polite, but do not be stupid. Here goes one mother board: never accept anything from a stranger.
5. Check out their consumption in time to pay the bill, even if you're drunk like a skunk.
6. Brazilian women are beautiful, sexy and like to dance, but that does not mean you are free to do what you want. Remember that next to a brazilian woman, always have a Brazilian pumped ready to break you face if you are abused.
7. Avoid confusion within arm nightclubs: the Brazilian securities are not always kind to rioters, mostly foreigners.
8. If you received an invitation to a party, check exactly what kind of event you have been called ... that way you do not run the risk of ending up in a "pancadão" right in the middle of the hill or in the "morro do alemão" or gay rave at some hell hole of Augusta Street.
9. In nightclubs with live bands gigs is common charge cover charge, even if the band is bad ...