Seguro

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Pompéia: a cidade onde o tempo parou.

Pompéia e seu algoz Vesúvio.
Para todos os amigos que converso sobre viagens, Pompéia, no sul da Itália, sempre entra no assunto. De todos as cidades que visitei essa é, com toda a certeza, uma das mais misteriosas e fantástica que conheci. Pompéia fica à poucos quilômetros de Nápoles, a viagem de trem dura cerca de meia hora. Da estação, anda-se alguns metros e, pronto: você está na entrada de um dos maiores sítios arqueológicos da história da humanidade. Antes de relatar o que significa andar pelas ruas de Pompéia é importante contar um pouco de sua história.

O fogão de uma cozinha ficou praticamente intacto.
Pompéia e Herculano eras prósperas e movimentadas cidades do Império Romano e estavam localizadas ao sul de Nápoles, às margens do Vesúvio - aliás, o termo vulcão ainda não existia naquela época. Pompéia era bem maior do que Herculano e muito mais movimentada. Com suas casas ricamente decoradas e suas ruas estreitas e movimentadas, a cidade abrigava uma população de cerca de 15 mil pessoas. Por volta do meio-dia de 24 de agosto de 79 d.C., o Vesúvio resolveu mostrar a sua força e pegou todos os habitantes de Pompéia e Herculano de surpresa. Em apenas 12 horas, uma mistura de gases tóxicos, superaquecimento e lava praticamente encobriu a cidade exterminando a todos. Foi como se o tempo parasse de repente.

Algumas pinturas milagrosamente se mantiveram
ao longo dos séculos
A tragédia repercutiu por todo o Império Romano mas, como nada mais poderia ser feito, com o tempo, virou apenas uma história. Suas ruínas permaneceram ocultas durante 1.600 anos até que, acidentalmente em 1599 parte de um muro pintado foi localizado durante as escavações de um canal subterrâneo para desviar o curso de um rio. Como as pinturas foram consideradas obscenas na época, a descoberta foi mantida em segredo e novamente ocultada. Anos depois, à mando do Rei Carlos III as explorações foram iniciadas.
De lá para cá, uma cidade inteira foi revelada.

Andar pelas ruas de Pompéia é uma emoção única. Praticamente tudo - exceto os telhados das casas - está preservado: lindas pinturas nas paredes, os balcões dos bares e restaurantes, as propagandas e, até mesmo, o prostíbulo com seus aposentos e pinturas eróticas foram preservados. Ainda hoje os arqueólogos continuam descobrindo objetos e locais na cidade. Os famosos corpos de Pompéia podem ser vistos em vários locais. É quase uma fotografia tridimensional do exato momento que o terror tomou conta da cidade. 

A cidade de Pompéia é um dos locais mais visitados na Itália e, acredite, vale a pena passar o dia perambulando por suas ruas e casas. A sensação é de que você está em uma cidade fantasma e que, a qualquer momento, fará uma descoberta arqueológica fantástica a la Indiana Jones.

Matéria produzida em Pompéia para o programa Mochileiro40tao