Seguro

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Gasto de turista brasileiro no exterior atinge maior nível

Money, dinheiro, bufunfa, grana...

Um dos principais fatores que impulsionaram o recorde no rombo das contas externas em outubro, os gastos de turistas brasileiros no exterior dispararam no mês passado. De acordo com dados divulgados pelo Banco Central (BC), as despesas dos brasileiros com viagens internacionais atingiram US$ 2,087 bilhões em outubro. O montante é o maior registrado para o mês e só não é menor que o registrado em julho do ano passado, quando os turistas brasileiros haviam desembolsado US$ 2,234 bilhões em outros países.
Por causa do aumento desses gastos, o saldo de viagens internacionais, que mede a diferença entre os gastos de turistas estrangeiros no Brasil e as despesas de turistas brasileiros no exterior, registrou rombo de US$ 1,536 bilhão em outubro. De acordo com o BC, foi o maior déficit registrado para o mês. Para o chefe adjunto do Departamento Econômico do Banco Central, Fernando Rocha, a estabilidade do câmbio nos últimos meses e o crescimento da renda do brasileiro explicam a retomada dos gastos fora do país.
"Depois de subir no meio do ano, o dólar ficou estável em torno de R$ 2 nos últimos meses. Isso permitiu que os turistas planejassem melhor as despesas no exterior, o que permitiu que os brasileiros voltassem a viajar. Sem contar que a renda do brasileiro continuou crescendo nesse período", ressaltou. 
Com a alta recente do dólar, que nos últimos dias subiu e está alcançando R$ 2,10, o chefe do Departamento Econômico do BC diz que ainda levará algum tempo para que os gastos com viagens internacionais voltem a cair. "Os brasileiros que vão para fora do país agora já tinham planejado a viagem. Desta forma, sempre existe uma defasagem entre uma subida do dólar e o enfraquecimento dessa conta [de viagens internacionais]", declarou.
De acordo com Rocha, os dados preliminares de novembro indicam que os gastos de turistas no exterior devem fechar em níveis menores em relação a outubro. Até o último dia 20, os brasileiros tinham desembolsado US$ 1,178 bilhão em outros países.
Fonte: Agência Brasil