Seguro

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Os novos prefeitos e o turismo.

Dentro de mais alguns dias estaremos em 2013. Logo no primeiro dia do ano, os novos prefeitos eleitos irão assumir suas cadeiras para um mandato de 4 anos. Acredito que essa próxima gestão será muito diferente de qualquer uma que já tenha acontecido. Só lembrando que nos próximos 4 anos (2013-2016) o Brasil receberá o maior volume de turistas estrangeiros de sua história.
Em 2013 a festa começa com a Copa das Confederações, o Encontro dos jovens católicos no Rio de Janeiro, Rock in Rio e mais. No ano seguinte, será o grande teste para a nossa infraestrutura com a Copa do Mundo. O ano de 2015 será para o País tomar fôlego pois em 2016 vem as Olimpíadas. O ponto que mais pega em todo isso é o despreparo ou a falta de planejamento das pequenas e médias cidades em relação ao turismo. A maioria desses novos executivos ainda estão preocupados com a solução de problemas básicos em suas cidades como saúde, água, segurança, etc. Não que isso não seja importante, mas esses gestores poderiam designar pessoas preparadas ou montar comissões de turismo para tentar se aproveitar dos benefícios que esses eventos irão proporcionar.
Por exemplo: tanto o governo do Estado de São Paulo quanto o Governo Federal criaram e irão criar novas linhas de créditos para investimentos em turismo.
Essa é uma boa chance para as cidades prepararem seus jovens para o trabalho, ensinar um novo idioma, abrir cursos técnicos, enfim, propiciar melhores condições de vida e de futuro para o povo.
A realização desses eventos é boa para o País e deve ser melhor ainda para a população. Basta apenas que os novos prefeitos abram seus olhos e entrem nessa onda.