Seguro

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Veneza continua alagada...


Na última segunda-feira (12/11), cerca de 70% da região central de Veneza ficou alagada. As fortes chuvas que atingiram a região norte e central da Itália fez a água invadir as lojas, casas e palácios históricos.  A inundação alcançou 150 centímetros acima do nível do mar, sendo a sexta maior marca já registrada, obrigando moradores a andar com água até a cintura e cativando  os turistas, que vestiram trajes de banho e foram nadar na praça de São Marco.
A Prefeitura de Veneza está preparada para decretar estado de calamidade, já que a maré vai continuar alta. A cidade vem sofrendo graves danos com inundação, os famosos canais que cortam a cidade e atraem os turistas, estão invadindo as ruas. 
Uma medição feita recentemente indica que o nível da água vem crescendo dois milímetros por ano, afundando a cidade aos poucos. As barreiras móveis de contenção que estão sendo construídas para proteger a cidade destas condições, que são mais comuns nesta época do ano com a elevação da maré, só deve ficar pronto em 2014.
Parte das causas do afundamento de Veneza é natural. O movimento das placas tectônicas levam ao afundamento da cidade, que se localiza logo abaixo dos Apeninos. Os processos geológicos causam um fenômeno que literalmente empurra a cidade para baixo.

Fonte: Jornal de Turismo