Seguro

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Ela está em todos os lugares !

Na hora do rapa, todos correram. Menos ela.


Por onde você anda, basta olhar pra cima e procurar. Logo logo você a vê. Imponente e espetacular são dois adjetivos, de vários que podemos usar, para descrever a Torre Eiffel.
Essa gigantesca - outro adjetivo - torre foi construída como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889 e é, com toda a certeza, a principal atração turística de Paris.
Andar embaixo dessa monumental - mais um - construção é no mínimo emocionante !
Sim, ela foi construída por humanos e o mais legal: por humanos do século 19 que não tinham computadores, calculadoras e muito menos, internet.
Hoje tive o privilégio de vê-la ao vivo e, também, a movimentação das pessoas embaixo dela. Ambulantes, turistas e franceses em um dia normal de trabalho.
Uma longa fila aguardava a compra de ingressos e a subida pelo elevador. Outra fila, MUITO MENOR, era para quem se arriscava subir de escadas.
Na boa: subir aquele gigante a pé, nem com o exército francês atrás de mim. Aliás, o que chamou a atenção também foi a quantidade de soldados do exército armados com metralhadoras e fuzis fazendo vigilância perto da torre e ao lado do Museu do Louvre.
Ambulantes vendem miniaturas da torre pelos mais variados preços. Negociando, você obtém belos descontos. Mas, a festa dos ambulantes acabou de repente. Do nada, gritaram "Olhaí o Rapê" e foi ambulante correndo para todos os lados. Atrás deles, a polícia francesa montada em suas potentes "bicicletês". Ambulante é igual em qualquer parte do mundo. Tirando a torre, por alguns momentos, parecia que eu estava na 25 de março em dia de rapa.