Seguro

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

VIAJANDO DE TGV

Para quem tem a curiosidade de viajar entre Paris e Londres usando o TGV, adianto que a viagem não trás fortes emoções, apesar do trem estar quase voando sobre os trilhos. A viagem é rápida e você desembarca no meio de Londres, na estação Sta Pancras, que fica ao lado do metrô.
Antes de embarcar, porém, você precisa passar pela imigração que fica na estação francesa Gare du Nord. Após pegar seu bilhete, você deve preencher o questionário da imigração inglesa e passa, primeiro, pela imigração francesa para pegar o visto de saída do país. Após andar 2 metros, você já muda a tecla SAP e começa a falar inglês para pegar o carimbo de entrada para a Inglaterra.
Com o passaporte em mãos, você vai para outro guichê que vai realmente te autorizar ou não a sua entrada. Confesso que duvidei da minha ida. A mulher – uma negra enorme com cara de brava – me perguntou tudo e quis ver se eu tinha dinheiro, onde ficaria, o que eu fazia no Brasil. Só faltou perguntar a cor da cueca !
Após o interrogatório, finalmente ela me liberou. Fui direto para o trem, sentei quietinho e nem me mexi até que a máquina começasse a se mover. Ao meu lado, uma senhora muito simpática começou um diálogo e fomos trocando informações sobre os dois países e seus povos até a chegada em Londres.
O trem chega na estação St. Pancras, que fica no meio da cidade. Mais uma vez, a senhora fez questão de me mostrar a direção que deveria seguir e me deu conselhos de como andar com segurança pela cidade. É por essas e outras que viajar é um aprendizado e uma oportunidade de conhecer pessoas boas e prestativas que se preocupam com as outras. Independente do idioma.